Canja de Galinha, não faz mal a ninguém

Scroll down to content

Olha aí meu bem, prudência e dinheiro no bolso, canja de galinha não faz mal a ninguém. “Jorge Ben Jor

Na ultima quarta foi o dia da restauração, sopas espessas e especiais, para recuperar o corpo e a alma.

Confira a rodada de quarta…

 

 

CANJA DE GALINHA
Modo de Preparo:
Lavar e escorrer o arroz.
Selar o peito de frango cortado em quatro pedaços grandes, com pele, no óleo de milho.
Na mesma panela, juntar a cenoura e suar.
Adicionar o fundo e o arroz, a batata e o tomate deixando cozinhar em fogo lento até que os legumes e o frango estejam bem cozidos.
Temperar com sal e pimenta.
Quando o frango estiver cozido, retirar da panela, desfiar e retornar à panela.
Durante todo o tempo de cozimento, escumar a sopa, retirar todo o excesso de gordura.
Ajustar os temperos.

canja
PUCHERO
Modo de Preparo:
Sele as carnes no azeite já na panela onde será feita a produção;
Reserve as carnes e sele rapidamente o paio e a linguiça contados em pedaços (rodelas) grandes e reserve;
Na gordura resultante sue a cebola, o alho e a cenoura;
Deglaceie com o vinho branco;
Coloque as carnes e o grão de bico na panela, junte o fundo, o tomate, o louro e deixe cozinhar em fogo baixo;
No meio do cozimento adicione as batatas e a vagem;
Quando os vegetais e o grão de bico estiverem cozidos, tempere com sal e pimenta do reino;
Sirva decorado com a cebolinha e a pimenta biquinho.

puchero2 puchero

SOPA DE MANDIOQUINHA
Modo de Preparo:
Corte a mandioquinha em cubos médios.
Sue na manteiga a cebola e a mandioquinha.
Adicione o fundo.
Cozinhe até que os legumes estejam macios, escumando sempre.
Faça um purê apenas com os sólidos (na peneira), ajuste a consistência com o líquido da cocção.
Tempere com sal e pimenta.
Decore com a Salsinha

mndioquinha  mandioquinha 2

SOPA CREME DE TOMATE
Modo de Preparo:
Suar o bacon com óleo, iniciando em caçarola fria.
Nesta própria gordura, suar o salsão, a cebola, a cenoura e o alho lentamente.
Adicionar a farinha de trigo e fazer um roux claro.
Juntar o fundo, o tomate e o extrato e cozinhe em fogo lento por cerca de 20 minutos. Reservar um pouco do tomate para a decoração.
Adicionar então o sachet d’épices e cozinhar por mais 20 minutos.
Separar o líquido dos sólidos e fazer um creme dos sólidos passando no liquidificador, ajustar a consistência com o líquido do cozimento até que esteja nappé leve.
Coar e juntar o creme de leite. Ajustar os temperos.

tomate

BATATA DUCHESSE
Modo de Preparo:
Descascar e cortar as batatas em cubos grandes, cozinhar a partir de água fria e salgada até que fiquem macias.
Escorrer, voltar ao fogo para secar.
Ainda quentes, espremer as batatas.
Misturar as batatas espremidas levemente resfriadas à gema, adicionar a manteiga e ajustar o tempero com noz moscada, sal e pimenta.
Cobrir uma assadeira com papel manteiga e untar.
Com um “bico estrela” no saco de confeitar, fazer as duchesses no formato tradicional (6cm diâmetro x 2/3cm de altura).
Assar em forno preaquecido a 190o C  até que as bordas estejam firmes.
Retirar do forno, pincelar com ovo e retornar ao forno para dourar.

batata

Receitas
Curso de Tecnologia em Gastronomia – Universidade Metodista – Campus Planalto
Professores: EDUARDO GOMES LUCAS e NILSON MOREIRA COSTA
Coordenador Curso: MARCELO BERGAMO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: