HISTÓRIA E GASTRONOMIA BRASILEIRA – Região Norte – Amazonas

Scroll down to content

Para marcar o domínio português da Amazônia, os lusitanos criaram Manaus (século XVII) na margem esquerda do Rio Negro, construindo o Forte da Barra de São Jose (1969), seu nome vem da tribo Manaós, que habitava a região antes de serem extintos por conta da “civilização”. Manaus oferece uma ampla rede de hotéis e restaurantes variados, na região de selva e metropolitana, por isso se destaca como um dos principais destinos turísticos da região Norte, com destaque para o Teatro Amazonas (1896) que é patrimônio Artístico Cultura do estado e uma das obras mais importantes da era da Borracha.

A capital conta não só com belezas naturais, mas com museus de grande importância, como o Amazônico e o de Ciências Naturais dedicados a pesquisa da Amazônia e exposição de animais e peixes da floresta respectivamente.

Na Gastronomia os peixes determinam oscaminhos e sabores, como um dos principais peixes da Amazônica, o Tambaqui, famoso e popular, fascina os turistas seja pelo sabor, ou pelo desafio na pesca esportiva. Um peixe típico de coloração parda no dorso e escura em sua parte inferior tem sabor pronunciado e sabor inconfundível.

Outro peixe muito conhecido é o pirarucu que é encontrado geralmente nas áreas de várzea, onde as águas são mais calmas, não sendo encontrado em zona de fortes correntezas e águas ricas em sedimentos, conhecido também como o bacalhau da Amazônia.

O pirarucu é um peixe muito consumido no estado, mas esse prato também pode ser feito com diversas outras espécies de pescado, como o jaraqui e pacu. Os pratos de peixes fritos são normalmente servidos com a farinha de Uarini e o Baião de Dois, composto por arroz, feijão e cheiro-verde.

Seus sabores e texturas permitem diversos tipos de produção, abaixo algumas das mais conhecidas.

CALDO DE TAMBAQUI (1)

Ingredientes

  • 1 tambaqui limpo de 2kg
  • Suco de 3 limões
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino a gosto
  • 1/3 xícara (chá) de óleo
  • 3/4 xícaras (chá) de azeite
  • 5 dentes de alho picados
  • 2 cebolas picadas
  • 1 maço de coentro picado
  • Sal a gosto

Tucupi

  • 2 litros de tucupi
  • 1 cebola cortada ao meio
  • 2 dentes de alho inteiros
  • 3 folhas de chicória rasgadas
  • 5 pimentas de cheiro
  • 1 maço de jambu cozido al dente

Modo de preparo

  • Tempere o peixe com o limão, o sal e a pimenta do reino.
  • Deixe marinar por 15 minutos.
  • Coloque o peixe em uma assadeira untada com óleo e leve ao forno preaquecido a 180C por 30 minutos.
  • Espere esfriar e desfie o peixe, retirando as espinhas e reserve.
  • Em uma panela, aqueça o azeite e refogue o alho, as cebolas e o coentro.
  • Crescente o peixe desfiado, acerte o sal e reserve.
  • Para temperar o tucupi, ferva 2 litros de tucupi com pimenta de cheiro, 6 dentes de alho, 1/2 maço de alfavaca e 1/2 maço de chicória.
  • Em uma panela, coloque o tucupi e junte a cebola, o alho, a chicória e a pimenta do cheiro.
  • Ferva por 2 minutos, coe e acrescente o peixe reservado e o jambu.
  • Sirva quente.

O pirarucu é um peixe muito consumido no estado, mas esse prato também pode ser feito com diversas outras espécies de pescado, como o jaraqui e pacu. Os pratos de peixes fritos são normalmente servidos com a farinha de Uarini e o Baião de Dois, composto por arroz, feijão e cheiro-verde.

PIRARUCU DE CASACA DA AMAZÔNIA (2)

Ingredientes

  • 1 lata de 80 g de massa de tomate
  • 1 kg de camarões frescos
  • 500 g de uvas passas secas
  • 500 g de azeitonas sem os caroços
  • sal a gosto
  • pimenta do reino a gosto
  • 3 dentes de alho
  • 500 g de repolho branco
  • 500 g de pepinos frescos
  • 500 g de seleta de legumes
  • 1/2 kg de pimentão amarelo
  • 250 g de pimenta cheirosa
  • 1 dúzia de limões
  • 1 dúzia de ovos
  • 4 maços de cheiro verde
  • 1 kg de batata portuguesa
  • 500 ml de azeite de oliva
  • 1/2 kg de tomate
  • 1/2 kg de pimentão verde
  • 500 ml de leite de coco
  • 17 bananas pacova (banana comprida)
  • 3 kg de pirarucu seco (da parte do lombo)
  • 2 kg de farinha de Uarini

Como fazer

  • Coloque de molho o pirarucu por 3 horas, para tirar o sal.
  • Corte o pirarucu em filés de 10cm.
  • Lavar em água com limão, deixando-o de molho por 1 hora.
  • Enxugue o pirarucu.
  • Frite no azeite de oliva.
  • Depois de fritá-lo, desfie em tiras pequenas. Reserve.
  • cozinhe as batatas e corte em rodelas.
  • Cozinhe os ovos e corte em rodelas.
  • Corte as bananas em tiras e frite.
  • Escalde os camarões em água de sal e limão, e frite até ficarem bem crocantes.
  • Coloque a farinha de Uarini de molho no leite de coco, para fazer uma farofa úmida e soltinha.
  • Faça o molho: corte à moda caseira o tomate, o pimentão, a cebola, o cheiro verde, o repolho e o alho.
  • Coloque as verduras cortadas numa caçarola, juntamente com a seleta de legumes, as uvas assas, azeitonas inteiras sem caroço, o pirarucu frito e desfiado em tiras os camarões fritos, 250 ml de azeite de oliva, 2 colheres (sopa) de suco de limão, pimenta do reino a gosto, sal a gosto, 2 colheres (sopa) de massa de tomate e 200 ml de água.
  • Leve ao fogo para refogar, em fogo brando.
  • Quando o repolho estiver macio, apague o fogo.
  • Unte uma forma refratária com azeite de oliva.
  • Arrume o pirarucu de casaca na forma refratária.
  • Forre a refratária com o molho.
  • Arrume uma camada de banana frita, uma de batatas e outra camada com os ovos.
  • Depois, arrume uma camada com a farofa.
  • Repete-se, então, a camada com o molho.
  • Arrume então outra camada de bananas fritas.
  • Segue-se a outra camada com batatas e ovos.
  • Mais outra camada de farofa.
  • Por fim, uma camada com o molho. A decoração é a gosto.
  • Servir com maionese de legumes e arroz branco.

Fonte:

(A) www.visiteobrasil.com.br
(B) www.guiadoturismobrasil.com
(1) http://www.comidaereceitas.com.br
(2) http://www.cybercook.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: