HISTÓRIA E GASTRONOMIA BRASILEIRA – REGIÃO NORTE – AMAPÁ

Scroll down to content

Atualmente o Macapá vive um momento de crescimento populacional e econômico, e isso tem atraído investimentos ao estado, preso a sua história de defesa e fortificação da época do Brasil Colônia, preserva construções desse período que representam seu patrimônio cultural.

Uma delas, a fortaleza de São Jose, e considerada uma das sete maravilhas brasileiras, marco cultural e histórico.

O Marco Zero, latitude zero grau, com o monumento do Relógio de Sol, marca onde passa a linha do Equador., lá existe um espaço para shows e várias outras atrações.

Na gastronomia o Amapá aproveita a biodiversidade da região, usufruindo dos peixes e diversos tipos de frutas da região, além da herança dos migrantes de outras regiões.

Carinhosamente chamada de capital do meio mundo, possui pontos turísticos que apresentam detalhes de sua história e cultura, com um povo gentil, que valoriza seus patrimônios e sua alimentação, oferecendo-os aos seus convidados e turistas.

A caldeirada é servida com arroz branco, pirão à base de caldo do peixe e farinha de mandioca com limão e pimenta murupi.

Caldeirada(1)

Ingredientes

  • 2 tucunarés médios
  • Limão
  • Sal
  • 5 dentes de alho amassados
  • 2 cebolas cortadas em cubos pequenos
  • 2 pimentões cortados em cubos pequenos
  • 2 tomates cortados em cubos pequenos
  • 1 maço de cheiro-verde picado
  • ½ quilo de batatas cozidas cortadas ao meio3 ovos cozidos inteiros

Modo de Preparo

Corte cada tucunaré em pedaços médios, lave-os e tempere-os com sal e limão. Aqueça o azeite em uma panela grande e refogue o alho e a cebola, até dourar ligeiramente. Junte as verduras restantes. Mexa um pouco. Junte os pedaços de peixe e mexa cuidadosamente para misturá-los com as verduras, refogando-os por mais um pouco. Junte a água e deixe ferver por 25 minutos. Acrescente as batatas, os ovos cozidos e por último o cheiro-verde.
Preparado com tucupi (que é o sumo retirado da raiz da mandioca brava), goma de mandioca e camarão, seu tempero leva pimenta de cheiro, alho, sal e jambu, um tipo de erva típica da região.

Tacaca(2)

Ingredientes

  • 2 litros de tucupi
  • 4 dentes de alho
  • 1 colher de chá de sal
  • 4 pimentas de cheiro
  • 2 maços de jambu
  • 1/2 kg de camarão salgado (seco)
  • 1/2 xícara de goma de mandioca
  • pimenta de cheiro

Modo de Preparo

Coloque em uma panela o tucupi, tempere com alho, chicória, alfavaca e sal, leve ao fogo e deixe levantar a fervura. A seguir baixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar por 30 minutos.
Cozinhe o jambu em água quente, deixe cozinhar até os talos ficarem macios, retire e escorra, deixe reservado. Retire a cabeça do camarão e deixe de molho em uma vasilha com água para retirar o sal. Ferva 4 xicaras de água com sal a gosto, dissolva a goma em uma vasilha com água fria, acrescente ao poucos na água fervendo, até ficar um mingau grosso, ou, ao ponto de sua preferência.
Sirva em uma cuia nesta sequência: duas colher de sopa de tucupi, uma concha de goma, uma concha de tucupi, algumas folhas de jambu e 5 camarões, sal e pimenta a gosto.
Na falta da goma de mandioca pode ser usada o polvilho azedo.

Acompanhe nossas Midias Sociais

      

Fonte:

(A) www.visiteobrasil.com.br
(B) www.guiadoturismobrasil.com
(1) Joanice N Roque
(2) Joanice N Roque

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: