Universitários no EnChefs SP 2019

Scroll down to content

No ultimo final de semana no Instituto Superior de Ciências Aplicadas (ISCA Faculdades) em Limeira aconteceu o EnChefs SP 2019, com muita disputa, novidade, gastronomia de primeira qualidade e muita gente boa.

Vamos falar bastante aqui sobre esse evento em uma série de posts durante essa semana, mas começaremos pelos “novinhos”, os universitários que entraram tambem na disputa em alto nível, mostrando que os ciclos se alteram e que as novidades aparecem, mas a tradição tambem se mantem, e não há nada errado nisso porque a diversidade de sabores e saberes é muito grande em nosso país, e deve ser respeitada sempre.

Assim os competidores entenderam e seguiram no desenvolvimento de suas produções, um seguindo pelo caminho da historia mais com uma releitura e com ingredientes diferenciados e outro com a comida afetiva e de ingredientes simples. e tradicionais.

Um pouco dos competidores e seus caminhos são:

CARLOS HENRIQUE DE JESUS NORONHA,  Brasileiro, solteiro, 20 anos, cursando o primeiro semestre de Gastronomia no ISCA, cursou cozinha no Hotel Escola Senac de Águas de São Pedro e já curtiu um tempinho na panificação em Curitiba, tímido, tranquilo e muito focado, desenvolveu para sua prova uma Coxinha de Parmesão, Gorgonzola e Presunto Parma, explicando a origem e a história da coxinha originária da região de Limeira.

“A cerca de 150 km da capital paulista, na cidade de Limeira, especificamente na Fazenda Morro Azul, no final do século XIX, teria vivido a família real brasileira durante certo período. Segundo a lenda, a princesa Isabel e seu marido, o Conde D’Eu, escondiam da Corte no Rio de Janeiro um filho que tinha deficiência mental.
A história conta que o prato preferido da criança era coxa de galinha e que certa vez a cozinheira da família não tinha quantidades suficientes para servir, “prevendo a gritaria do menino por falta do seu alimento predileto, resolveu transformar uma galinha ‘inteira’ em coxas”, explica Veríssimo. O filho da princesa aprovou tanto o novo prato que as “coxinhas de galinha” teriam passado a fazer parte das refeições diárias da família.”

SOPHIA PAES MENEGAZZO, Brasileira, solteiro, 18 anos, cursando o primeiro semestre de Gastronomia no ISCA, atualmente estagiária do Albero Ristorante, tímida, um pouco tensa, mas tambem muito focada, desenvolveu sua prova uma receita de memória afetiva de sua família e de muita historia o Burere ou Buré, um caldo saboroso com milho, abobrinha, Cambuquira e flor de abobora explicando a história e tambem sua memória afetiva com a produção.

O o buré é uma daquelas comidas de origem indígena que dão “sustança” a quem trabalha no campo e faz a alegria de quem um dia saiu da roça, mas não deixou a roça sair de dentro de si.O buré é só essa mistura simples de milho verde com broto de abóbora, que a gente aprendeu com os índios a chamar de Cambuquira.”

Depois de uma disputa acirrada e muito bonita, em uma hora e meia de competição, ambos apresentaram seus pratos, aos jurados da competição, que avaliaram vários quesitos para definição de notas.

E assim apurado depois de uma linda competição os jurados Edilaine Sessa, Glauco Diogo Almeida Soares e Alexandre Massarelli, chegaram ao veredicto:

Carlos Henrique – Campeão e Sophia Paes – Vice Campeã.

Parabéns ao todos os envolvidos e ao EnChef SP pela organização desse evento sensacional realizado por Marcelo Lohmann, Coordenador Estadual do Enchefs São Paulo – Profissional e por Idália Souto Coordenadora Acadêmica Estadual do Enchefs São Paulo, ao ISCA e a todos os patrocinadores envolvidos.

Continuem acompanhando nosso blog com a divulgação dos ganhadores e suas historias nos próximos post.

Até lá.

 

EnChefs SP – 2019

Devido à expansão da gastronomia nos estados brasileiros torna-se requisito fundamental a identificação e a socialização dos profissionais de cozinha para que se alinhem e busquem elevar o nível da qualidade dos serviços prestados viabilizando o desenvolvimento e a sustentabilidade com outras áreas, a exemplo do turismo, ressaltando a valorização histórica e cultural.

O Encontro de Chefs Estaduais tem a proposta de reunir o maior número de profissionais de cozinha, estudantes, empresas, entidades, órgãos e consumidores, através das atividades desenvolvidas na sua programação, criando condições de avanços no que diz respeito ao desenvolvimento econômico local.

Com uma nova visão, partindo do princípio que a gastronomia está presente em todas as manifestações sociais, o projeto ENCHEFS Estaduais aglutina valores de outras áreas (história, cultura, turismo, tecnologia e moda) em um único movimento profissional, cultural, turístico e econômico.

Galeira de Fotos dos Competidores Universitários

Carlos Henrique

Sophia Paes

Acompanhe nossas Midias Sociais

      

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: