HISTÓRIA E GASTRONOMIA BRASILEIRA – GOIÁS

Scroll down to content

O mais populoso e com o território em sua maior parte localizado na região de cerrado, o estado de Goiás, tem seus ingredientes na maior parte baseados nesse tipo de bioma.

Sua gastronomia tem influencia de Minas Gerias e Bahia, com uma cultura muito forte, fica difícil não adquirir tambem seus hábitos, mas ela tem um sabor único de traz consigo toda sua originalidade.

Com o maior índice de concentração de área verde por habitante, é conhecida como destaque em qualidade de vida se for comparada a outros estados, automaticamente tornou-se alvo da forte especulação imobiliária.

Espalhadas em vários bairros da cidade, as feiras são uma das principais atrações da capital goianense, onde, a maior é a ‘Feira Hippie’, a qual abriga mais de seis mil expositores com vários tipos de produtos e atrai principalmente turistas de toda parte do Brasil, é realizada todos os domingos há mais de 40 anos e, é considerada a maior feira a céu aberto do País.

Na gastronomia temos os destaques recheados de ingredientes locais, vamos conferir?

Uma grande empada normal, mas com destaque para os recheios originais do estado, recheada de frango, carne de porco ou boi, mas com queijo minas e guariroba que não podem faltar.

Empadão Goiano

Ingredientes:

Massa

  • 1 kg de farinha de trigo
  • 6 colheres (sopa) de margarina
  • 6 colheres (sopa) de óleo
  • 2 ovos
  • 2 a 3 colheres de nata (opcional)
  • 1 pitada de sal
  • 1 pitada de açúcar
  • Água o quanto baste para dar ponto de abrir a massa

Molho

  • 1 lata de extrato de tomate
  • 2 tomates picados
  • Caldo de galinha, alho, cebola picada, pimenta-do-reino, pimenta de cheiro, sal e água a gosto
  • 1 pitada de açúcar
  • Farinha de trigo o quanto baste (para engrossar o caldo)

Recheio

  • 300 g de lombo ou pernil de porco
  • 2 linguiças cozidas cortadas em pedaços
  • 150 g de guariroba
  • 150 g de queijo meia cura
  • 300 g de frango cozido e desfiado
  • Ovo cozido a gosto
  • 50 g de azeitona
  • 1 gema
  • Leite (suficiente para pincelar a massa)
  • 1 pitada de sal

Modo Preparo:

Massa
Deixe a massa descansar em uma bacia por cerca de 2 horas. 2 Unte e forre as forminhas. Em seguida abra a massa no cilindro e reserve para cobrir as forminhas.

Molho
Junte o molho de tomate, os tomates frescos picados, caldo de galinha, alho, cebola picada e uma pitada de açúcar para tirar a acidez. Misture bem. 2 Em seguida, adicione a pimenta do reino, pimenta do cheiro, água e verifique o tempero e acerte o sal. 3 Pouco a pouco, vá colocando, farinha de trigo, o suficiente para engrossar o caldo.

Recheio
O recheio é colocado na massa em sete camadas, nesta ordem: carne de porco, linguiça, guariroba aferventada, queijo meia cura, frango desfiado, ovo cozido e azeitona. 2 Em seguida, regue com o molho. 3 Cubra as forminhas com o restante da massa. 4 Bata a gema, misture o leite e o sal e pincele a massa, pouco antes de levar ao forno para assar. Sirva quente.

Com um ingrediente diferenciado como o Suã, a coluna vertebral do proco, que apesar de deliciosa não tem muita carne, mas tem muito sabor juntando arroz um dos acompanhamentos mais utilizados na região, fazemos o Suã com Arroz.

Suã com Arroz

Ingredientes:

  • 1 kg de suã de porco
  • 2 colheres (sopa) de alho amassado. 22 g
  • 1 maço médio de salsinha amarrado. 90 g
  • 2 colheres (sopa) de suco de limão . 30 ml
  • 2 pimentas-malaguetas em conserva
  • 2 xícaras (chá) de arroz . 400 g
  • 5 colheres (sopa) de azeite de oliva espanhol . 50 g
  • Sal a gosto

Modo de Preparo:

  • Lave o suã de porco, seque com toalha de papel, tire as aparas, corte em fatias transversais e coloque-o em uma tigela grande. Reserve.
  • Descasque os dentes de alho, amasse (ou passe por um espremedor, meça 2 colheres das sopa e reserve.
  • Lave a salsinha em água corrente, seque com toalha de papel e amarre o maço com um barbante. Reserve.
  • Coloque em uma tigela o alho, o suco de limão, a pimenta e o sal. Misture bem até obter uma pasta. Esfregue o suã com esta pasta e disponha na superfície o maço de salsinha. Cubra a tigela com filme plástico. Deixe o suã tomar gosto de um dia para o outro dentro da geladeira.
  • No outro dia, lave o arroz e deixe escorrer sobre uma peneira.
  • Aqueça o azeite de oliva em uma panela, junte o suã (sem o maço de salsinha) e frite por 15 minutos ou até dourar, mexendo de vez em quando para não grudar no fundo da panela. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por mais 30 minutos. Durante este tempo vá adicionando um pouco de água. No final do cozimento a carne da suã deverá estar bem macia. Vá adicionando um pouco de água de vez em quando e deixe cozinhar por 30 minutos ou até ficar macio. Aumente o fogo.
  • Junte o arroz e refogue, mexendo de vez em quando, por mais 4 minutos. Misture 4 xícaras (chá) de água fervente e acerte o sal. Deixe no fogo por mais 5 minutos ou até ferver. Abaixe o fogo.
  • Acerte o sal, tampe a panela parcialmente e deixe cozinhar por mais 20 minutos ou até o arroz ficar al dente. Retire do fogo e sirva em seguida.

Acompanhe nossas Midias Sociais

      

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: