HISTÓRIA E GASTRONOMIA BRASILEIRA – DISTRITO FEDERAL

Scroll down to content

Brasília tem um território pequeno alem de ser uma cidade relativamente nova, com menos de 100 anos, construida para ser a Capital Brasileira, não possui uma gastronomia tipica e original, mas seus primeiros habitantes trouxeram consigo seus pratos tipicos que marcam grande presença na mesa brasiliense.

Um desses pratos e o Pato no Tucupi, de origem amazônica, ele se adptou rapido e firmou-se como sendo prato local.

Pato ao Tucupi

Ingredientes:

  • pato inteiro, com cerca de 1,5 kg
  • cebola em cubos
  • 1 cenoura em rodelas
  • alho-poró em rodelas
  • 1 talo de salsão em rodelas
  • 1 folha de louro
  • 1 ramo de tomilho
  • 800 ml de vinho branco
  • Sal e pimenta-do-reino

Modo Preparo:

Caldo de Pato:

  • 1 carcaça de pato
  • cebola em cubos
  • 1 cenoura em rodelas
  • alho-poró em sodelas
  • 1 ramo de tomilho
  • 80 ml de óleo de canola

Caldo de Tucupi:

  • 800 ml de tucupi
  • 300 ml de caldo de pato (acima)
  • 1 maço de jambu limpo (só as folhas)

Caldo de pato

  • Asse a carcaça de pato no forno a 200ºC, até ficar dourada. 
  • Refogue, em uma panela grande, a cebola, a cenoura, o alho-poró, o salsão e o tomilho no óleo de canola. 
  • Junte a carcaça ao refogado, cubra com 1 litro de água, tampe a panela e leve para ferver por cerca de 40 minutos.
  • Coe o caldo, separe a quantidade indicada para a receita e o o restante pode ser congelado por até 3 meses. 

Pato

  • Faça uma marinada com a cebola, a cenoura, o alho-poró, o slasão, o louro, o tomilho e o vinho, acresente o sal e a pimenta-de-reino e o pato.
  • Deixe o pato marinar nesse molho por 24 horas na geladeira. 
  • Retire o pato da geladeira, espere voltar à temperatura ambiente, e asse em forno a 160ºC por cerca de 1h40, até a carne ficar macia e cozida. 
  • Desosse o pato.
  • Em uma panela, ferva o tucupi com o caldo de pato.
  • Adicione o pato desossado ao caldo para aquecer com as folhas de jambu. 
  • Sirva com farinha d’água ou farinha de mandioca.
Fonte: Cardápios do Brasil, da chef Ana Luiza Trajano

Por influencia do presidente Juscelino Kubitschek, que era mineiro e considerado o pai de Brasilia um prato comum, é mineiro, o Chico Angu, vamos conferir?

Chico Angu

Ingredientes:

• 1 frango caipira
• 1 quilo de quiabo
• 1 colher (sopa) de sal com alho
• 1 cebola grande
• Óleo
• 6 colheres (sopa) cheias de fubá

Modo de Preparo:

Frango

  • Doure levemente o sal com o alho amassado em três colheres (sopa) de óleo.
  • Acrescente o frango cortado pelas juntas e refogue bem. Cozinhe em fogo brando pingando água até a carne ficar macia.
  • Acrescente a cebola em rodelas e o quiabo em pedaços.
  • Cuide para que o quiabo não se desmanche.

Angu 

  • Dissolva o fubá em dois copos (400 ml) de água fria.
  • Leve ao fogo baixo e acrescente uma colher (sopa) de óleo e uma colher (chá) de sal sem parar de mexer.
  • Se necessário, vá acrescentando água.
  • Quando a mistura adquirir a consistência de uma papa, retire do fogo.
 Fonte: Suely Gonçalves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: