Canadá – História, Gastronomia e Cultura – America Norte

Scroll down to content

Aborígenes que teriam chegado por uma faixa de terra que ligava Sibéria e Alasca teriam se movimentado por ali a mais de trinta mil anos, mas sua colonização teve incio fora da expansão mercantilista que marcou a Europa da Idade Moderna. Os primeiros a se fixar por la, ha cerca de mil anos foram os vikings e nessa época os nativos e os europeus tiveram esse período marcado por vários conflitos.

Depois de mais de seiscentos anos, Giovane Caboto, a serviço dos membros da Coroa Britânica, em 1497, reivindicou o domínio europeu. Em seguida os franceses tambem se fixaram por la no sentido de participar da colonização, resultando num desmembramento nas tentativas de encontrar ou caminho comercial para o Oriente.

Apesar de não alcançarem esse objetivo, eles aproveitaram e exploraram as peles e pescados facilmente encontrados por ali. A presença britânica e francesa na região foi marcada por varias no intuito da posse da região, que resultou maior domínio do governo britânico.

A partir do seculo XIX, os canadenses organizaram a emancipação do controle britânico, e em 1848 foram autorizados a conduzir suas instituições politicas, desde que assuntos externos permanecessem sob controle da Inglaterra.

Após a Guerra Civil (EUA) lideranças defendiam união das províncias para evitar a anexação de seus territórios pelos EUA, e em julho de 1867, uniram-se pelo Ato da América do Norte Britânica, sendo reconhecido como Domínio do Canada,

Dessa forma e fácil entender sua formação cultural, que acolhe pessoas de vários países, com esse pensamento criaram programas que permitem o acesso de estudantes e trabalhadores em seus domínios, diferentes de outros países com acolhimento e oportunidades.

Com um estilo de vida multicultural e movimentado, principalmente em Montreal e Quebec,encontramos na gastronomia cardápios com culinária tipica e tambem de muita influencia de seus imigrantes.

Entre eles temos dois pratos interessantes e especiais, vamos conferir?

 

O Poutine é o prato mais tradicional, foi criado em Quebec, feito de batata frita com coalhada de queijo cheddar, ou somente queijo derretido cobertos com um molho de carne, conhecido como gravy.

Poutine (1)

Ingredientes

Molho (gravy)

  • 3 colheres (sopa) de amido de milho (maisena)
  • 2 colheres (sopa) de água
  • 6 colheres (sopa) de manteiga sem sal
  • 1/4 de xícara de farinha de trigo
  • 2 + 1/2 xícaras de caldo de carne (pode ser substituído por 1 cubo de caldo de carne diluído em 2 + 1/2 xícaras de água)
  • 1 xícara de caldo de galinha (pode ser substituído por 1/2 cubo de caldo de galinha em 1 xícara de água)
  • Sal e pimenta a gosto (opcional)

Batatas

  • 4 batatas médias (ou 1 saco de batatas congeladas pré fritas)
  • Óleo para fritar (é possível preparar no forno, especialmente se forem pré fritas)

Queijo

1 +1/2 xícaras de muçarela cortada em pedaços

 Modo Preparo

 Molho (gravy)

  • Em uma tigela pequena misture o amido de milho e a água. Reserve.
  • Em uma frigideira derreta a manteiga.
  • Adicione a farinha aos poucos e cozinhe mexendo bem, por aproximadamente 5 minutos, até que a misture fique dourada.
  • Adicione os caldos de carne e galinha e mexa até ferver.
  • Adicione a mistura de água e amido, misture e deixe em fogo brando por aproximadamente 5 minutos, até a mistura engrossar.
  • Coloque pimenta, se desejar, e veja se é necessário colocar sal.

Batatas

  • Se você estiver preparando as batatas do zero, faça da maneira que você está acostumado, se desejar não é necessário tirar a casca.
  • Se você estiver usando batatas congeladas pré fritas você pode optar por fritá-las o
  • preparar no forno. Prepare de acordo com as instruções do pacote.

Montando o Poutine

  • Coloque as batatas fritas em um prato grande ou em pratos individuais.
  • Coloque um pouco de sal. Coloque molho quente por cima e misture um pouco.
  • Coloque os pedaços de queijo por cima e um pouco mais de molho.
  • Coloque por cima um pouco de salsinha picada ou pimenta, se desejar.
  • Sirva imediatamente.

 

O Beaver Tails (rabo do castor) tem a base feita de uma massa de farinha de trigo integral, frita em óleo quente, que lembra massa de pastel doce com canela.

Beavertails (2)

Ingredientes

  • 1/2 xícara de água morna (110 F / 45 graus C)
  • 5 colheres de chá (fermento seco ativo)
  • 1 xícara de leite morno (45 C)
  • 1 Pitada de açúcar 
  • 1/3 xícara de açúcar
  • 1 1/2 colher de chá de sal
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • 3 ovos batidos
  • 1/3 de xícara de óleo vegetal
  • 5 xícaras de farinha de trigo integral
  • (Para Fritar) 1 litro de óleo vegetal para fritar
  • (Passar no açúcar) 2 xícaras de açúcar branco
  • 1/2 colher de chá de canela em pó ou a gosto

Modo de Preparo 

  • Em um bowl grande misture água morna, fermento e 1 pitada de açúcar e deixe descansar até que o fermento comece a espumar e formar uma camada cremosa, cerca de 5 minutos.
  • Misture o leite, 1/3 de xícara de açúcar, sal, extrato de baunilha, ovos e 1/3 de xícara de óleo vegetal até que o açúcar se dissolva.
  • Misture cerca de metade da farinha de trigo integral e mexa até a massa ficar muito dura para adicionar mais farinha.
  • Vire a massa sobre uma superfície enfarinhada e amasse jogando farinha até que a massa não fique mais pegajosa. Sove até ficar homogêneo e elástico, cerca de 10 minutos.
  • Faça uma bola, coloque em uma tigela untada e cubra. Deixe crescer até a massa dobrar de tamanho, cerca de 1 hora.
  • Remova um pedaço de massa do tamanho de um ovo. Abra a massa em formato oval com cerca de 1/4 de polegada de espessura. 
  • Aqueça o óleo em uma fritadeira ou em uma frigideira grande e funda a 190 ° C.
  • O óleo deve ter pelo menos 10 cm de profundidade.
  • Misture 2 xícaras de açúcar com canela a gosto em um prato raso ou um prato de torta e reserve.
  • Abaixe delicadamente as massas, um de cada vez, no óleo quente e frite de 1 a 2 minutos de cada lado até dourar. Seque o excesso de óleo dos doces fritos com papel toalha; pressione suavemente cada massa no açúcar de canela enquanto ainda estiver quente.
  • Sacuda o excesso de açúcar.

Então é isso semana que vem tem mais, até lá!

 

Acompanhe nossas Midias Sociais

       

 

Fonte:
Texto – SOUSA, Rainer Gonçalves. “Canadá”; Brasil Escola.
(1) http://www.inglesgourmet.com
(2) http://www.immi-canada.com

One Reply to “Canadá – História, Gastronomia e Cultura – America Norte”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: