Panamá – História, Gastronomia e Cultura – America Central

Scroll down to content

Em uma das línguas nativas, Panamá quer dizer, abundância de peixes, já que conta com mais de 13 mil especies em sua costa, voltada ao Oceano Pacifico. Os espanhóis chegaram a região em 1501 e logo começaram a matança dos índios nativos, em 1751 tornou dependente de Santa Fé de Bogotá, Colômbia, que se tornou independente da Espanha em 1821 e em 1903 com o apoio dos EUA, se revoltou e declarou sua independência.

Com o espanhol como lingua oficial, mesmo com muita gente falando inglês, 84% da população e católica, com educação gratuita e obrigatória entre crianças de 6 a 15 anos, possui uma taxa de alfabetização de 93%.

Numa mistura de tradições espanholas, africanas, ameríndia e norte americana, tem no carnaval a disseminação dessas tradições, e mesmo depois da abertura do canal do panamá ainda recebe muitos imigrantes de diferentes lugares, e suas comidas dominam o cenário gastronômico.

Desde 2010 a Panamá Gastronômica realiza um evento que traz Chefs do mundo todo para dar aulas aos estudantes de gastronomia, alem de exibir tudo no festival publico. mostrando que todos os imigrantes que por ali passam, deixam atraves da gastronomia um pouco de sua cultura.

Gallo Pinto

Modo de Preparo

  • Refogue a cebola e o pimentão numa panela com um pouco de óleo em fogo médio. Mexendo constantemente para não grudar, até que a cebola esteja bem dourada e translucida.
  • Adicione o alho e refogue por mais 1 minuto.
  • Acrescente 1/2 xícara de arroz, 1 xícara de agua e leve para ferver. Quando ferver tampe a panela, reduza o fogo. Deixe cozinhar por 20 minutos.
  • Retire do fogo, acrescente o feijão e o coentro e sirva.

Ingredientes

  • 1/2 cebola cortada em cubos
  • 1 pimentão vermelho cortado em cubos
  • 2 dentes de alho picados
  • 1/4 colher de chá de sal
  • 1/2 xícara de arroz não cozido, enxaguado e escorrido
  • 3/4 xícara de feijão preto cozido ou enlatado
  • 1 maço de coentro
  • molho picante

Emparedados de Hojaldre

Ingredientes

  • 6 porções
  • 1 massa folhada retangular
  • 1 creme de tijolo para montar de 200 ml
  • 4 colheres de sopa de açúcar
  • 1/4 kg de morangos
  • Açúcar em pó (opcional)

Modo de Preparo

  • Preaqueça o forno de acordo com as instruções do fabricante da massa.
  • Corte a massa, primeiro, em seis partes.
  • Em seguida, corte cada parte em três, para obter 18 retângulos.
  • Coloque os retângulos em uma bandeja na qual colocaremos papel vegetal. Pique os retângulos com um garfo.
  • Enquanto isso, corte os morangos em folhas e bata o creme com o açúcar.
  • Quando a massa folhada estiver assada, reserve até esfriar.
  • Quando a massa folhada estiver fria, corte cada pedaço ao meio com a ajuda de uma faca com uma ponta afiada.
  • Coloque o creme no meio das bases, com a ajuda de uma manga de patente.
  • Coloque uma folha de morango em cada base.
  • Cubra com o restante dos lençóis. Se quiser, polvilhe com açúcar de confeiteiro.
  • Guarde na geladeira até servir.

 

Fontes:
https://www.voyagesphotosmanu.com
https://super.abril.com.br
https://gauchazh.clicrbs.com.br
https://www.tempodecozimento.com
https://cookpad.com

Acompanhe nossas Midias Sociais

       

One Reply to “Panamá – História, Gastronomia e Cultura – America Central”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: