Chile – História, Gastronomia e Cultura – America Sul

Scroll down to content

Com geleiras, desertos e uma faixa longa e estreita de costa marítima , combinada com a corrente de águas frias, dão origem a sua grande variedade de produtos e a sua gastronomia fortemente influenciada pelos colonizadores espanhóis e europeus, que chegaram por lá a partir do século XIX.

Dos espanhóis vieram as carnes suínas, bovinas, ovinas e galináceos, além dos cereais e a oliva com produção na região do Atacama, além das uvas.

Por conta de seu litoral extenso de águas frias e cheias de nutrientes, os pescados e crustáceos ganham destaque como o atum, mero, congro e linguado e o polvo, lagosta, ostra e o king krab.

Os destaques da gastronomia ficam a cargo da carbonada, charquican, mapuche e é claro as empanadas., além de outras a base dos frutos do mar, como o chupe e a cazuela.

Alem da gastronomia outro destaque importante é a produção de vinhos as primeiras videiras dos Vinhos no Chile plantadas, foram trazidas em meados de 1550 pelos missionários da Espanha que elaboraram vinhos por vários séculos com técnicas primitivas.

No século XIX o Chile se tornou independente das leis espanholas, e os investimentos começaram. Os resultados foram surpreendentes: o Chile tornou-se conhecido quase que da noite para o dia como a capital mundial do vinho de custo-benefício. Os milhões de consumidores associavam o Chile com vinhos varietais baratos e deliciosos, prontos para beber.

Com planos mais ambiciosos, os mesmos produtores incrementaram o vinho barato para impressionar os consumidores, criando vinhos de diferentes estilos: vinhos modernos, limpos, frutados; e ainda um outro estilo, concentrado na “finesse” e elegância. Todas essas condições fizeram do Chile a Bordeaux do hemisfério Sul e deram origem as categorias de vinhos reservas, gran reservas, premiuns e super premiuns.

O Chile apresenta vários micro climas e terroirs distintos. Isso devido a sua posição geográfica e suas barreiras naturais que o protegem da grande praga chamada Filoxera, ao Norte – Deserto do Atacama, ao Leste – Cordilheira dos Andes, ao Oeste – Cordilheira da Costa / Influência Marítima e ao Sul – Geleiras.

Vamos conferir um pouco desses sabores incríveis do Chile?

Charquican

Ingredientes

  • 8 unidades de batatas em cubos
  • 1/2 abóbora moranga sem casca em cubos
  • 2 colheres de sopa de óleo vegetal
  • 500 gramas de patinho moído
  • 1 cebola pequena em cubos
  • 1 dente de alho picado
  • 1/2 pimentão verde picado
  • 1 cenoura ralada
  • 1 xícara de chá de vagem picada
  • 2 espigas de milho debulhadas
  • 2 tomates concassé
  • 1 colher de chá de cominho
  • 2 colheres de salsinha picada
  • sal a gosto
  • 6 ovos fritos

Modo de Preparo

  • leve uma panela com agua ao fogo e cozinhe as batas e abóbora por 15 minutos
  • coe e amasse os dois com um garfo ou espremedor
  • em outra panela esquente o óleo e refogue a carne por 3 minutos e junte a cebola, alho, pimentão, cenoura, vagem, milho e o tomate
  • junte o cominho, salsinha e o sal e cozinhe por 15 minutos
  • misture tudo ao purê de batatas e abobora
  • sirva quente com os ovos fritos por cima

Harmonize com um tinto varietal de uvas Carmenère

 

Chupe de Camarones

Ingredientes

  • 4 pimentas aji panca sem sementes
  • 3 pimentas aji mirassol sem sementes
  • 2 litros de agua
  • sal a gosto
  • 4 ovos inteiros
  • 24 camarões médios descascados e limpos
  • guarde as cascas e cabeças
  • 2 colheres de sopa de óleo vegetal
  • 2 cebolas medias picadas
  • 4 dentes de alho
  • 1/2 abobora cabotiá cortada em cubos
  • 2 batatas Astérix em cubos
  • 200 gramas de arroz cozido
  • 2 choclos cozidos e debulhados
  • 1 colher de sopa de huacatay fresco
  • 200 gramas de queijo branco fresco picado
  • 100 gramas de ervilha fresca
  • 150 ml de creme de leite
  • 1 pitada de orégano seco

Modo de Preparo

  • ferva as pimentas em agua por 5 minutos e escorra, repita o procedimento , depois tire as cascas e processe ate formar uma pasta
  • ferva 1 litro de agua com sal e cozinhe os ovos por 4 minutos (gema mole)
  • em uma panela com óleo refogue as cascas e cabeças dos camarões, junte agua e cozinhe por 30 minutos, coe e reserve o caldo
  • aqueça o óleo em outra panela e refogue as cebolas e o alho, junte a pasta de pimenta e refogue por 3 minutos
  • junte os cubos de batata e abobora, o arroz, os choclos, o huacatay e o caldo de camarões
  • cozinhe por 15 minutos ou ate ficar macio
  • junte o queijo, as ervilhas, os camarões e o creme de leite
  • cozinhe por 5 minutos, acerte o sal e coloque o orégano
  • sirva em pratos fundos com os ovos poche por cima

 

Acompanhe nossas Midias Sociais

       

 

Fontes:
Gastronomia – Cozinha do Mundo, Argentina, Editora Abril, adaptado Cocina del Mundo, 2006 Ciro Ediciones e Vinhos – http://blog.vinhobr.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: