Colômbia – História, Gastronomia e Cultura – América Sul

Scroll down to content

Com um mix de tradições europeias, com destaque para a da Espanha, por ter sido colônia por vários anos, e também da África por conta do trabalho escravo e acima de tudo indígena, devido a população nativa dos Andes, descrevem uma gastronomia onde a fusão de todas as influências determinam seu caminho de sabor.

Com seu clima de altas temperaturas, possuem uma grande variedade de batatas, além do do uso da banana em suas várias utilizações, da herança indígena o uso do milho com diversas formas de preparo.

Um destaque deve ser dado as frutas, com nomes exóticos e praticamente desconhecidos, como o mamoncillo, zapote, entre outros que se transformam em deliciosos sucos naturais, vendidos em Cartagena, por exemplo, onde temos temperaturas superiores a 40° Celsius, são garantias de alegria e refrescância. 

Vamos então preparar alguns pratos tradicionais e saborosos da Gastronomia colombiana?

 Sancocho

 Ingredientes 

  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de cominho
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 6 xícaras (chá) de caldo de galinha
  • 2 batatas encarnadas
  • 1 molho de coentro
  • 3 peitos de galinha
  • 2 limões (sumo)
  • 3 cebolas
  • 2 bananas
  • 1 mandioca
  • Pimenta do reino
  • Sal

Modo de preparo 

  • Leve uma xícara (chá) de caldo de galinha ao fogo com as cebolas, o coentro e o cominho em pó, até levantar fervura.
  • Reserve até esfriar e bata.
  • Corte os peitos de galinha em quatro leve a cozinhar em fogo brando nas restantes 5 xícaras (chá) de caldo de galinha.
  • Deixe cozinhar durante 1 hora, aproximadamente.
  • Assim que começar a ferver, junte as duas batatas encarnadas descascadas cortadas em pedaços e a mandioca descascada cortada em cubos de 2,5 cm aproximadamente.
  • Com uma escumadeira vá retirando a espuma que se forma depois de começar a ferver.
  • Cerca de ½ hora antes do final do cozimento, junte as bananas descascadas, cortadas ao meio e fatiadas em três no sentido longitudinal.
  • Dez minutos antes do final do cozimento junte a mistura de caldo, cominho, cebola e coentro anteriormente preparada e o sumo de dois limões acabados de espremer.
  • Mexa bem.
  • Numa tigela misture cuidadosamente a manteiga com a farinha.
  • Leve ao micro-ondas a temperatura máxima durante 30 segundos e mexa novamente, obtendo uma pasta amarelada.
  • A esta pasta chamam roux.
  • Dissolva o roux na sopa, batendo bem, para a engrossar um pouco.
  • Tempere com sal e pimenta e sirva.

 

Patacón colombiano

Ingredientes 

  •  2 bananas verdes
  •  250 mililitros de óleo para fritar
  •  ½ colher de chá de sal

Modo Preparo 

  • Pegue as bananas verdes e corte em rodelas grossas, com cerca de 2-3 dedos de espessura. Descasque. Dica: Recomendo usar a banana da terra verde e descascar a banana somente após cortar, para que o corte seja mais fácil.
  • Esquente o óleo numa panela ou frigideira no fogo médio. Quando estiver bem quente coloque as bananas para fritar durante 10 minutos ou até ficarem bem douradinhas de todos os lados. Dica: Vire as rodelas de banana com a ajuda de um garfo ou colher, para que fiquem bem fritas de todos os lados.
  • Retire a banana da panela ou da frigideira e coloque num prato com papel absorvente, para escorrer o excesso de óleo. Depois esmague as rodelas de banana separadamente até ficarem o mais finas possível. Na Colômbia, tradicionalmente usa-se um utensílio chamado ‘pataconera’ para esmagar as bananas. Se você não tem uma pataconera, simplesmente esmague as rodelas de banana com um prato ou com uma tábua de cozinha.
  • Frite novamente as bananas no óleo quente por 10 minutos ou até ficarem bem douradas – fritar novamente as bananas confere-lhes mais crocância! Dica: Em algumas regiões da Colômbia os patacones esmagados são temperados com suco de limão e alho antes de fritar novamente. Se você quiser pode temperar desse jeito também ou usar somente sal, como indicado no passo seguinte.
  • Retire novamente as bananas para um prato com papel absorvente, para eliminar o excesso de óleo. Nessa hora polvilhe sal a gosto.

 

Acompanhe nossas Midias Sociais

       

Fontes:
https://foodmagazine.com.br/
http://geonauta.com.br/
https://tutanogastronomia.com.br/
https://www.tudoreceitas.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: