Líbia – História, Gastronomia e Cultura

Scroll down to content

Localizado ao norte, com um clima seco e quente, tem um passado influenciado por gregos, romanos, árabes entre outros, com o com usmo de bebidas alcoólicos proibidos no país, e com influencias gastronômicas italianas, árabes e mediterrâneas, tem grande representação de massas em sua cultura.

Apesar de ser um poais muçulmano, com grande parte de berberes, tem como cultura oficial e cultura árabe, alem de fortes influencias mediterrâneas, principalmente em sua gastronomia.

Trípole e Bengazi abrigam a maior parte da população, e concentra boa parte da atividade administrativa do pais, com uma econômica baseada na extração e exportação de petróleo e gás natural, que respondem por mais da metade do PIB local, por conta de suas condições climáticas possui baixa produção agrícola, concentrada basicamente nas regiões de oásis.

Vamos então conhecer então duas produções tradicionais da gastronomia Líbia?

 

Quibe de Peixe – Kibe Samak

Ingredientes

  • Pimenta verde sem ardor e cheiro verde também passados no liquidificador
  • 4 cebolas grandes passadas no liquidificador
  • 500 gramas de farinha quibe
  • 1 quilo de filé de pescada
  • Sal a gosto

Modo Preparo

  • Passar no multiprocessador o filé de peixe cru, bem lavado.
  • Lavar bem a farinha de quibe e deixar de molho por minutos.
  • Misturar os temperos e tornar a passar no multiprocessador com o peixe e a farinha de quibe bem espremida.
  • Fazer as bolinhas e achatá-las.
  • Fritar em óleo bem quente e secá-los em papel absorvente.

Peixe Assado ou Frito Com Molho de Gergelim (tahine) – Samak Mah Taratur

Ingredientes

  • 6 colheres de suco de limão
  • 2 cebolas grande cortas à francesa e passadas na manteiga
  • Raminhos de salsa e rodelas de limão para decorar
  • 2 quilos de filé de pescada ou namorado
  • Pimenta síria a gosto
  • Molho de gergelim (Taratur)
  • Azeite de oliva a gosto
  • Batata palha a gosto
  • Sal a gosto

Modo Preparo

  • Limpar o peixe, lavar e enxugar com um pano de prato ou toalha de papel absorvente.
  • Colocar numa travessa, temperar com sal e pimenta síria, regar com suco de limão e deixar descansar por 3 horas no mínimo.
  • Enquanto isso, preparar o molho de gergelim, como na receita indicada.
  • Fritar os filés do peixe um a um. Arrumar o peixe frito em prato refratário, colocar as batas palhas, cebolas fritas e logo em seguida o molho de gergelim.
  • Levar ao forno preaquecido por 10 minutos, antes de servir.
  • Decorar com raminhos de salsa e rodelas de limão e levar a mesa em seguida, enquanto ainda está bem quente.

Fontes:

https://cultura.culturamix.com

https://www.gastronomias.com.pt

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: