Zaire – História, Gastronomia e Cultura

Scroll down to content

A formação da Província do Zaire se confunde com a história do Reino do Congo, um dos mais poderosos países ex-colônias da África, que governou toda a Bacia do Baixo Congo.

Habitada originalmente por pigmeus, a estrutura demográfica da área sofreu uma mudança fundamental durante a migração bantu para o Sul, onde se formou um subgrupo étnico entre os povos que se estabeleceram nos vales do baixo rio Congo, próximo à foz do Atlântico. Oceano. Este grupo bantu é um congolês que consolidou a ocupação da área em meados do século XIII.

A partir do século XIV, começaram a se organizar politicamente e formaram um poderoso Reino do Congo, a partir do encontro dos reinos de Ampemba Cassi e Bambata. O antigo reino de Bambata eventualmente se tornou um ducado dentro do reino, localizado nas terras que atualmente formavam a província de Uíge.

Em 1390, Luqueni-lua-Nimi foi nomeado primeiro Rei. No território do Congo-Quinxassa, um local denominado Nisi Kuilo (Nisi Cuílo) estabeleceu a capital.

“As pessoas não percebem, mas a culinária africana está completamente enraizada na nossa cozinha.

Os escravos chegaram aqui no Brasil sem nada e conseguiram adaptar os ingredientes deles aqui.”

Flávia Portela

Entre as várias iguarias que podem ser degustadas na zona, destaca-se o bagre fumado fumbua ou o peixe fresco, gergelim e chisaca. Nos restaurantes de Mbanza Congo, capital da província do Zaire, os clientes preferem alimentos que não contenham nenhum aditivo químico porque usam alimentos saudáveis ​​e mais baratos. fumbua é feito de folhas silvestres com o mesmo nome, coletadas pelos agricultores nas densas florestas da região. Lave as folhas, corte em grânulos finos e coloque numa panela, coloque a cebola, o alho, o louro, o azeite de dendê e o crouton dourado. Fumbua é uma iguaria comum no norte do país, especialmente nas províncias do Zaire, Uíge e Cabinda. Este prato típico angolano está a tornar-se cada vez mais popular porque muitas pessoas nacionais e estrangeiras vêm ao Zaire e querem saborear uma comida deliciosa com funji de bombó.

Vamos conferir a produção do Fumbua?

Fumbua

INGREDIENTES

  • 1 fumbua
  • 1 kg muamba de ginguba
  • 1 /2 xícara de óleo de palma
  • 4 tomates
  • sal
  • 1 cebola
  • 3 ou 4 peixes inteiros

MODO DE PREPARO

  • Lavar muito bem a verdura (fumbua).
  • Colocar em uma panela, depois acrescentar o tomate, a cebola, a muamba, óleo de palma e por último o sal.
  • Acrescentar água e levar ao fogo durante 30 minutos.
  • Retirar a panela do fogo e em seguida amassar a muamba.
  • Escamar o peixe e colocar para ferver com água e sal.
  • Retirar o peixe do fogo e remover todas as espinhas.
  • Juntar com o preparado.
  • Durante mais 30 minutos deixe a panela ferver, virando sempre para não queimar.
  • Acompanhar com funge de milho ou de bombo.

Fontes:

https://www.pressreader.com

https://www.tudogostoso.com.br

https://pt.wikipedia.org

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: