Plano de Negócios – Inovar

Scroll down to content

Uma boa ideia de negócio pode ser genérica, diferenciada ou inovadora.

Como assim?

Se sua ideia apenas atende a expectativa de seu cliente ela é genérica, se ela supera a expectativa de seu cliente ela é diferenciada e se surpreende seu cliente, então ela é inovadora.

A grande maioria das pessoas tem ideias genéricas, uma outra parte tem ideias diferenciadas, e uma pequena parte tem ideias totalmente inéditas, esses sins são as inovadoras, mas essa parcela é muito pequena.

Mas fique tranquilo se vc percebeu que sua ideia é genérica, é possível criar boas opções mesmo nessa condição, fazendo o simples, mas fazendo bem-feito, e isso por si só já é uma boa oportunidade de negócio.

Porem uma ideia genérica ou básica não é o suficiente, se já existir uma concorrência estabelecida será preciso oferecer algo diferenciado ou inovador se vc quiser sobreviver.

Vc pode usar algumas técnicas para identificar se sua ideia de negócio é diferenciada, uma delas é o Scamper (Have-Evans, 2006) onde vc deve fazer uma reunião e aplicar o modelo de desenvolvimento, de preferência com possíveis sócios, amigos, colegas e futuros clientes, numa espécie de brainstorming de acordo com os parâmetros abaixo:

Ideia Inicial – Explique a todos participantes que a ideia é gerar o maior número de sugestões de ideias para seu negócio.

Substituir – O que pode ser substituído ou incluído em sua ideia inicial?

Combinar – É possível combinar materiais, ideias e conceitos em sua ideia principal?

Adaptar – É possível adaptar ou criar uma outra solução já existente de acordo com sua ideia principal?

Modificar – O que poderia ser modificado a partir do conceito de sua ideia principal?

Explorar – É possível pensar em outras utilizações para sua ideia principal?

Eliminar – É necessário reduzir ou eliminar itens, características e processos em sua ideia inicial?

Rearranjar – Repensar a ideia principal de negócio em sua forma de atuação.

Na maioria das vezes um novo negócio deve ser considerado no mínimo diferenciado para ser bem-sucedido, mas só os melhores quebram essa barreira e são realmente inovadores.

Nesses casos eles devem ser disruptivos, ou seja, devem romper com paradigmas e mercados que seguem sempre os mesmos padrões, seja para processos, produtos ou serviços.

Processos também podem fazer a diferença quando se trata de ideias apenas diferenciadas, fazer algo de forma inovadora e mais eficiente pode ser uma forma disruptiva de desenvolver um novo negócio.

David Murray (2011) afirma categoricamente que todas as inovações do mundo foram “copiadas”, no entanto é preciso saber como copiar a distância, ou para ficar mais claro buscar inspiração em produtos, serviços e inclusive concorrentes, tornando seu negócio diferenciado, mais eficiente e inovador.

Enfim já faz alguns anos que a inovação passou a ser um fetiche, isso mesmo, mas se observarmos com olhar atento, veremos que muito do que se diz inovador hoje, é um processo, serviço ou negócio que quebrou paradigmas e foi recriado de forma mais eficiente e diferenciada, em outras palavras, fazer a mesma coisa de uma forma diferente que gere melhores e maiores resultados.

Sua parte nisso? Pensar em tudo antes de criar um negócio que pode morrer antes mesmo de sair do papel.

Como? Com planejamento, com um plano de negócio detalhado e eficiente.

Vamos lá?

Até semana que vem…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: