Regiões Produtoras – África do Sul

Scroll down to content

O maravilhoso nosso vinho de cada dia, é produzido em mais de noventa países pelo mundo afora, por aqui iremos falar de doze, que na verdade são os responsáveis por 80% da produção dele (dados de 2012), ok?

Com mais de 25 bilhões de litros iremos falar de cada região especifica e suas principais uvas, para que possamos referenciar as melhores dentro de cada especificação.

Hoje falaremos da África do Sul, local de clima quente de tintos secos e encorpados e brancos frutados.

Suas principais regiões produtoras por dimensão são:

  • Stellenbosch
  • Paarl
  • Swartland
  • Robertson
  • Breedekloof
  • Olifants River Valley
  • Worcester
  • Orange River Valley
  • Klein Karoo

Com seus melhores vinhos caminhando pelas uvas:

  • Chenin Blanc – com estilos fresco e frutado, encorpado e sem madeira, encorpado e amadeirado, encorpado e adocicado, muito doce e espumante,
  • Shiraz/Syrah – com estilos encorpado, com aromas picante de pimenta do reino e alcaçuz, framboesas e calda de ameixa,
  • Cabernet Sauvignon – com estilo encorpado e herbáceo com aromas de pimenta do reino, cassis e notas minerais de grafite e argila,
  • Chardonnay – com estilo e notas de maçã assada, raspas de limão siciliano e aromas de baunilha vindas do carvalho,
  • Pinotage – com estilo e aromas de amora silvestre, framboesa e calda de ameixa e final de sweet tobacco,
  • Semillon – com estilo rico e encorpado, sabores de limão meyer, maçã golden e creme de avelã.

Mesmo sendo um país relativamente novo, na tradição em viticultura, possui produção de alta qualidade, por isso África do Sul é uma das 10 maiores regiões produtoras de vinho do mundo, respondendo por 4,5% da produção mundial. São aproximadamente 340 vinícolas e 4.200 produtores, com um clima ameno favorece o cultivo da vinha e é um dos principais aliados para aumentar o potencial deste país e ainda se tornar um dos maiores produtores de vinho do mundo.

Bem por hoje ficamos por aqui, semana que vem tem mais, informação para enriquecer seu caminho nessa deliciosa jornada, falaremos sobre as regiões produtoras de vinhos, vamos falar Alemanha.

Mas lembre-se, sempre considere as regras, mas elas têm que atender essencialmente ao seu “gosto”, então não vire o chato do manual ao consumir ou participar de uma degustação, pode ser que o meu “melhor” vinho não agrade o seu paladar e isso não e crime, seja simpático e não critico, é comum acontecer que os gostos não combinem ok? Não precisa brigar por conta de nisso, alegria, felicidade e acima de tudo muita paz!

Santé!!!

O Guia Essencial do Vinho, Madeline Puckette e Justin Hammack, Editora Intrínseca

Associação Brasileira de Enologia – https://www.enologia.org.br/

Familia Valduga – https://blog.famigliavalduga.com.br

Foto Worcester – https://www.expedia.com.br/Worcester.dx6023948

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: